Nos Bastidores

'Fazia tempo que não chorava tanto', diz Marília Mendonça após ataques na internet

(Foto: Divulgação)

A cantora Marília Mendonça desabafou em sua conta do Twitter após receber uma série de críticas por não se posicionar sobre as polêmicas envolvendo o sertanejo Rodolffo no Big Brother Brasil. O cantor fez um comentário racista sobre o cabelo de João Luiz, que chegou a chorar no último Jogo da Discórdia.

Mendonça está sendo cobrada por um posicionamento desde a tarde da última segunda-feira, 5. A cantora é fã assídua do programa e já teve contato com Rodolffo, com quem chegou a cantar.

“Vou deixar esse último tweet aqui… essas são as proporções. O dia todo foi assim. Tem coisas muito piores. Eu nunca vou entender por que tanto ódio. O que eu fiz que fez doer tanto e voltar pra mim? Fazia muito tempo que eu não chorava tanto. Vou me afastar porque vai ser melhor”, disse ela em um tweet, garantindo que se afastará das redes sociais.

Nos prints expostos por Marília, é possível ver tweets com mensagens de ódio como: “Mulher desgraçada”, “Vai pagar as tuas contas, sua pu** pi***** vagabunda galinha calcinha dura desgraçada demônia”, “essa é para dar risada, né prostituta de sertanejo”.

Ainda no Twitter, Marília disse não entender o motivo de sempre receber mensagens de ódio, e garantiu que todas as vezes que errou, pediu desculpas e tentou aprender.

“Cara, sério! Que tristea. Todas as vezes que errei, eu ouvi. Todas as vezes que machuquei, pedi perdão. Eu sempre tentei aprender com meus erros. Eu sempre tentei ser diferente do meu estereótipo, mas tive que ler o dia todo mulheres que resumem a minha trajetória em algo que não fiz”, começou ela, acrescentando na sequência: “Palhaça é o menor dos palavrões e ataques. E não vão parar. Eu nem deveria estar falando, mais. Aguentei o dia todo numa boa, mas minha tristeza é profunda por ser resumida a isso por algumas pessoas. Talvez vocês tenham conseguido o queriam de mim… podem ficar felizes, porque eu estou na merda”, desabafou.

Confira a publicação:

(*) Com informações do IstoÉ.

 

Nenhum comentário