Nos Bastidores

Polícia investiga morte de criança de 4 anos; laudo aponta várias lesões

 

Henry Borel, de 4 anos (Arquivo Pessoal)

A Polícia Civil (PC) investiga a morte de Henry Borel, de 4 anos, que ocorreu na madrugada do dia 8 deste mês, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O menino era enteado do vereador Jairo Souza Santos, conhecido como Dr. Jairinho. De acordo com informações, a mãe e o padrasto ouviram um barulho durante a madrugada e encontraram o menino desacordado em casa.

Henry chegou a ser levado ao hospital mas não resistiu.

A TV Globo teve acesso ao lado médico que afirma que a criança deu entrada ao hospital sem vida. Ainda de acordo com o laudo, o menino apresentava múltiplos hematomas no abdome e nos membros superiores; infiltração hemorrágica na parte da frente, na lateral e posterior da cabeça; edemas no encéfalo; grande quantidade de sangue no abdome; contusão no rim à direita; trauma com contusão pulmonar; laceração hepática (no fígado) e hemorragia retroperitoneal.

A causa da morte foi hemorragia interna e laceração hepática causada por uma ação contundente ou seja, movimentos seguidos. Para os peritos, Henry morreu de forma violenta levando em consideração as várias lesões e descartam uma possível queda da cama.

Henry havia passado o final de semana na casa do pai, Leniel. Em depoimento, o engenheiro afirmou que deixou o menino no condomínio por volta das 19h. Às 4h30 da manhã, Leniel recebeu a ligação da mãe de Henry solicitando que o pai fosse até o hospital pois o menino estava sem respirar.

Leniel informou que quando deixou Henry em casa, ele não tinha ferimentos.

Mãe e o padastro

O casal prestou depoimento como testemunhas do caso, em salas separadas. Os esclarecimentos duraram 12 horas.

De acordo com a mãe do menino, o casal ouviu um barulho durante a madrugada e foram em direção ao quarto de Henry, no local, encontraram a criança desacordada e com os olhos revirados. 

A assessoria do vereador Dr. Jairinho lamentou a morte do menino através de nota.

Nenhum comentário