Nos Bastidores

Manaus quer se transformar na capital do verde

 



Embora a capital do Amazonas esteja localizada no centro da Floresta Amazônica, é notório que a cidade cresceu sem o verde no seu paisagismo. Para resolver o problema, a prefeitura de Manaus, na gestão de David Almeida, lançou o programa "Manaus Verde". 

Dentro do conjunto de várias ações do programa “Manaus Verde”, a Prefeitura realizou o primeiro grande ato de distribuição e plantio de mudas arbóreas em 2021, no ultimo domingo, 21,  no Parque Linear II, na Área de Preservação Permanente (APP) do Igarapé do Mindu, no bairro Novo Aleixo, zona Leste da cidade.

Presente na solenidade, o prefeito David Almeida destacou a importância de tornar a capital amazonense uma cidade cada vez mais verde. “A Prefeitura de Manaus está trabalhando para arborizar a cidade. Nós somos uma cidade no meio da floresta e infelizmente temos pouca arborização e a prefeitura cumpre seu papel nessa área de expansão da nossa cidade aqui pela zona norte e zona leste”, disse o prefeito.

O titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Antonio Stroski, ressaltou a importância de o evento ter sido realizado às margens do Igarapé do Mindu. 

Nós estamos às margens do igarapé, que é emblemático, que tem uma importância muito grande para cidade de Manaus, do ponto de vista de como está acontecendo essa interação, essa influência nos resultados da ocupação urbana às margens do Mindu. Nós temos um problema de supressão da vegetação que protege as margens do igarapé, o problema de despejo de efluentes domésticos, de resíduos sólidos. Então existe um conjunto de obras que o poder público faz, que a prefeitura está executando e nós estamos assim potencializando os benefícios desse caso do Igarapé do Mindu com essa ação de arborização”, declarou Stroski. 

Manaus Verde

 Além do plantio e distribuição de mudas de hoje, o programa ambiental “Manaus Verde”, tem como meta a produção de 250 mil mudas frutíferas, ornamentais e medicinais e a doação de 100 mil mudas de plantas arbóreas e frutíferas à comunidade em geral e instituições.


(*) Com informações do Em Tempo



Nenhum comentário