Nos Bastidores

Igreja Mundial paga dívida para impedir a quebra de sigilo bancário de Valdemiro

Apóstolo Valdemiro Santiago. (Foto: Divulgação)

A Igreja Mundial quitou na terça-feira, 2, a dívida com o proprietário de um imóvel na cidade de Guararema, no interior de São Paulo. O pagamento foi efetuado após uma decisão da juíza Monica Di Stasi, da 3ª Vara Cível de São Paulo, que decretou a quebra do sigilo bancário do apóstolo Valdemiro Santiago. As informações são do Uol.

No total, a Mundial pagou R$ 53.650 em aluguéis cobrados em mais de um processo movido pelo dono do imóvel alugado. Conforme o Uol, em documento enviado à Justiça, a igreja diz que, com o pagamento, torna-se “desnecessária a realização da quebra do sigilo bancário dos réus”.

Na decisão, que também atingia o presidente em exercício da igreja, Mateus Machado de Oliveira, a juíza havia limitado a quebra do sigilo ao período de vigência do contrato de aluguel, de 28 de agosto de 2018 a 26 de janeiro de 2021. O objetivo era investigar se o patrimônio da Igreja Mundial do Poder de Deus, uma das maiores igrejas evangélicas do país, confunde-se com o do seu fundador.

Agora, a magistrada deve analisar o pedido da Mundial e decidir se suspende ou não a quebra do sigilo bancário dos envolvidos.

 

(*) com informações do IstoÉ.

 

 

Nenhum comentário