Nos Bastidores

Homem é morto e criminosos deixam bilhete para a polícia em Manaus

 

Bilhete deixado por assassinos para a polícia (Divulgação)


Um autônomo de 25 anos foi morto a tiros, na noite deste domingo, 14, no bairro Jorge Teixeira, em Manaus. Dois bilhetes foram deixados sobre o corpo do homem com frases que associaram a morte dele com o assassinato de Lohanny Remijo Nascimento, de 8 anos. 

A menina morreu atingida por dois tiros na madrugada deste domingo, dentro da própria casa, depois que três criminosos tentaram assaltar um grupo de vizinhos. Houve uma confusão, e os homens dispararam contra o imóvel. O padrasto dela também foi baleado e está no hospital. Os atiradores conseguiram fugir.

Segundo a polícia, o homem foi abordado por criminosos ainda não identificados e morto com nove tiros. No peito da vítima, os policiais viram dois bilhetes que diziam: "morreu por matar criança" e "morreu por causa da criança de 8 anos".

No entanto, a polícia acredita que o homem nada tem a ver no envolvimento da morte da criança.

A família do homem esteve na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na noite deste domingo, 14, para registrar o crime. Para a polícia, a mãe alegou que desconhece a motivação da morte do filho.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), onde foi feito o exame de necropsia. O caso continuará a ser investigado pela Especializada em Homicídios e Sequestros.

(*) Com informações do G1

Nenhum comentário