Nos Bastidores

'Uma situação que me perturbava' diz Priyanka Chopra sobre rascimo que a forçou deixar os Estados Unidos

Priyanka Chopra, atualmente casada com o cantor Nick Jonas, relembrou nesta semana um momento doloroso da sua vida durante uma conversa com a apresentadora britânica Lorraine Kelly.

A atriz nasceu em Bihar, na Índia e se mudou aos 13 anos para a casa da sua tia no estado norte-americano de Iowa, segundo informações do site ‘Spin’. Chopra passou a ser intimidade em seu colégio alguns anos depois.

"O ensino médio é duro para todo mundo", ela disse. "Para mim, ser provocada por algo sobre o qual eu não tinha controle nenhum e não poderia mudar, aos 16 e 17 anos, foi uma coisa que realmente me definiu." Continuou.

Devido aos ataques racistas que sofreu nesse período, a atriz acabou voltando para a Índia. "Tive sorte por ter um lar ao qual eu poderia voltar, por poder sair de uma situação que me perturbava".

Após retornar ao seu país natal, Priyanka passou a participar de concursos de beleza, e acabou vencendo o Miss Mundo em 2000, o que acabou se tornando a sua porta de entrada para a sua carreira no cinema indiano.

Hoje, aos 38 anos, Chopra conta com trabalhos hollywoodianos em seu currículo, como o filme 'Baywatch: S.O.S. Malibu'.

Ainda em entrevista a Lorraine Kelly, ela também falou sobre como tem sido passar a quarentena com Nick Jonas, de 28 anos, com quem ela está casada desde dezembro de 2018. “É o lado bom da quarentena, poder ficar seis meses juntos. Ambos temos carreiras tão malucas. Eu não acho que estive em casa por seis meses ao longo de 25 anos, então fiquei muito grata por esse tempo", admitiu ela.

(*) com informações da Revista Monet.


Nenhum comentário