Nos Bastidores

Serafim propõe ao governo criação de auxílio para artistas do Amazonas


O deputado Serafim Corrêa (PSB) propôs ao governo do Estado, na manhã desta quinta-feira, 18, que os artistas amazonenses recebam valor referente a 50% dos contratos executados no Carnaval de 2020. A medida é para desafogar a crise que a categoria enfrenta com a pandemia da Covid-19.  


"Estou apresentando um indicativo ao governador do estado, para que no âmbito estadual, isto seja feito. Por certo, o governo do estado contratou artistas durante o ano de 2020. Não creio que esse valor seja tão significativo, mas para os artistas será um valor mínimo para sobreviver”, disse Serafim durante grande expediente na sessão plenária da ALE-AM (Assembleia Legislativa do Amazonas).


O modelo segue o mesmo executado por Recife, onde o prefeito João Campos (PSB) enviou um projeto de lei à Câmara dos Vereadores solicitando à Casa autorização para pagamento do auxílio às bandas locais da cidade.


“João enviou um projeto à Câmara dos Vereadores propondo que a prefeitura fique autorizada a pagar às bandas e aos artistas que residem e têm atividade em Recife em 50% do valor que pagou o ano passado, de tal forma que essas pessoas que vivem da noite, do Carnaval, da festa, possam ter uma renda”, lembrou Serafim.


O líder do PSB na ALE-AM parabenizou a iniciativa da prefeitura de Recife e disse que “copiar aquilo que é bom não é pecado”.  


“Muito tem se falado na situação de categorias que com a pandemia ficaram sem atividade e estando sem atividade ficaram sem renda. A prefeitura de Recife no período de Carnaval contrata centenas de bandas de artistas para fazerem o Carnaval de Recife, que é um dos melhores do Brasil. Só que este ano, essas pessoas não poderão ser contratadas”, concluiu Serafim ao reforçar a necessidade da medida.



Nenhum comentário