Nos Bastidores

Ne-Yo é acusado de exigir grande quantia de dinheiro para promover músicos com dificuldades


Ne-Yo, um dos maiores nomes do R&B, que já colaborou com grandes artistas como Beyoncé, Maria Carey e Rihanna, aparentemente, não tem sido tão bom com os jovens músicos. Jobbing Kyle Passmore revelou ao ‘The Sun’ que teve uma chance de realizar seu sonho, entretanto só iria conseguir se concordasse em pagar ao cantor pela ajuda.

“Ne-Yo está abusando de sua plataforma. Este é um comportamento predatório", disse o músico. Ne-Yo posta fotos de determinados músicos inciantes em sua conta oficial do Instagram, com uma legenda com o nome do artista por £300 libras (cerca de R$ 2,3 mil reais). O cantor permite que os cantores compartilhem comentários e fotos de que Ne-Yo está ‘apoiando’ o seu trabalho’.

Então, com um pagamento de £800 libras (cerca de R$ 6,1 mil) cantor promete “grandes movimentos”, como gravar a introdução de uma música. E uma taxa de £1.000 libras (~ R$ 7,7 mil) pode garantir ao aspirante a músico a ter um dueto gravado com ele. Ainda segundo o site britânico, Ne-Yo tem surfado em uma onda de sucesso no Reino Unido depois de participar do reality show 'The Masked Singer'. E ainda chegou a dizer aos seus seguidores nas redes sociais que queria ajudar um “talento emergente”.

Kyle, 30 anos, não sabia que um amigo seu havia dado seu contato para o artista e ficou surpreso quando o cantor disse: “Faça uma promoção começando em £300 (libras) ou pode fazer alguns outros grandes movimentos por £800 ou mais. No final do dia, é o seu orçamento, então você me diz”. O músico, que chegou à semifinal do show de talentos 'Let It Shine', de 2017, ainda acrescentou: “Ficou claro o que ele queria e era muito ruim. Ele está abordando as pessoas para ver quem é ingênuo o suficiente para pagá-lo".

(*) Com informações da Revista Monet.

Nenhum comentário