Nos Bastidores

'Foi dolorido' diz Jennifer Lopez ao revelar que foi 'esnobada' no Oscar


A cantora Jennifer Lopez decidiu revelar como a rejeição no Oscar impactou em sua vida. Ela havia recebido várias indicações por seu papel em ‘As Golpistas’ depois que estreou o filme no final de 2019, mas acabou sendo deixada de fora quando chegou a hora do Oscar de 2020.

"Eu estava falando sobre isso outro dia", começou Lopez. “Elaine (Goldsmith-Thomas) fez um post em que listava todas as coisas pelas quais eu havia sido indicada e ganhado naquela temporada. E quando chegou no Oscar, estava obviamente ausente. Foi dolorido" disse ela a ‘Allure’.

"Eu fiquei tipo 'Ok, quando você supostamente está na cabeça de todo mundo você ser indicado e você não é, o que isso significa? É realmente real? Os outros [prêmios] são reais e este não é?'", ela continuou. "Cheguei a um ponto em que pensei 'Não é por isso que faço isso. Não faço isso para ter 10 Oscars na minha lareira ou 20 Grammys’" continou.

Baseado no artigo da New York Magazine de 2015 intitulado 'The Hustlers At Scores', ‘As Golpistas’ acompanha um grupo de strippers de Manhattan que descobrem que podem ganhar muito dinheiro virando a mesa para sua rica clientela de Wall Street.

A performance da cantora rendeu a ela indicações no Globo de Ouro, no Screen Actors Guild Awards e no Critics’ Choice Awards.

"Fiquei um pouco triste porque havia muita expectativa", disse Lopez a apresentadora Oprah Winfrey. "Recebi tantas boas críticas - mais do que nunca em minha carreira", refletiu ela. "E eu estou lendo todos os artigos e pensando 'Oh meu Deus, isso poderia acontecer?' E então não aconteceu e foi tipo, 'Ouch'. Foi um pouco decepcionante" finalizou.

(*) com informações da Revista Monet.

Nenhum comentário