Nos Bastidores

Após ser acusado de abuso e agressões, Marilyn Manson é demitido de gravadora


Após ser acusado pela ex-namorada, Evan Rachel Wood, de abuso e agressões, o cantor Marilyn Manson foi dispensado pela sua gravadora. O ex-casal namoraram entre 2006 e 2010 e chegaram a ficar noivos.

Depois da publicação da Evan, outras quatro mulheres usaram suas redes sociais para relatar que passaram por situações semelhantes em seus próprios relacionamentos com Marilyn Manson e manifestaram seu apoio à atriz.

“À luz das alegações perturbadoras de Evan Rachel Wood e outras mulheres nomeando Marilyn Manson como seu agressor, Loma Vista deixará de promover seu álbum atual, com efeito imediato”, falava o comunicado da ‘Loma Vista Records’ divulgado na tarde desta segunda-feira, 1.

“‘Devido a esses desenvolvimentos preocupantes, também decidimos não trabalhar com Marilyn Manson em quaisquer projetos futuros”, afirmou a gravadora.

 

(*) com informações do IstoÉ.

Nenhum comentário