Nos Bastidores

Vereador Rodrigo Guedes apresenta PL que prevê demissão para quem furar fila de vacinas contra Covid-19


Conforme o PL a punição vai se estender aos responsáveis que autorizam outras pessoas fora da ordem de prioridade furem a fila da vacinação contra o coronavírus.

O vereador Rodrigo Guedes (PSC) anunciou nesta segunda-feira (25) que vai apresentar um Projeto de Lei (PL) que penaliza com demissão os servidores municipais que tomarem a vacina contra a Covid-19 sem se enquadrarem na ordem de prioridade.

Rodrigo Guedes acrescentou que, conforme o PL, a punição vai se estender aos responsáveis que permitirem ou incluírem outras pessoas fora da ordem de prioridade da vacinação contra o coronavírus.

O vereador ressaltou que o ato de “furar a fila” da vacinação é ilegal e imoral e acrescentou que, até o momento, o Projeto de Lei apresentado por ele é a primeira medida legal que tipifica como improbidade administrativa a ação, tanto daqueles que autorizam e quanto de quem se vacina, não obedecendo a ordem dos grupos prioritários preestabelecidos.

 “Nesse momento em que as pessoas estão passando dor e morrendo com a falta de oxigênio, por conta da Covid-19, não podemos permitir que pessoas que furem a fila da vacinação contra o coronavírus. A pena deve ser única e exclusivamente a demissão dessas pessoas pois isso macula a administração pública”, disse.

 

Assessoria de Comunicação – Izaías Godinho jornalista

(92) 99295-6750

Foto: Michell Mello

Nenhum comentário