Nos Bastidores

John Boyega afirmou que não sabe se ainda terá carreira após forte discurso antirracista

John Boyega, astro de “Star Wars”, afirmou que não sabe se ainda terá uma carreira em Hollywood depois de ter feito um forte discurso antirracista durante os protestos do Black Lives Matters (Vidas Negras Importam), logo após a morte de George Floyd.

"Sabia que aquele momento se tornaria global, e se eu não for mais escalado porque as pessoas ou diretores de elenco acham que é muito atrito para o que eles estão tentando fazer... É o que é", afirmou Boyega em entrevista à Radio Times.

"Quando eu estava expressando minha verdade, na minha raiva, pensei: 'todo mundo vai ver isso'. Eu disse tudo isso com helicópteros sobrevoando acima de mim", disse.

Na época das manifestações, durante o discurso, Boyega já havia sinalizado que não saberia como aquele discurso poderia ser aceito pela indústria do cinema.

"Nós somos a representação física do nosso apoio a George Floyd (...). Estou falando para vocês do meu coração. Eu não sei se vou ter uma carreira depois disso, mas fo***se", falou o ator.

"Nós não sabemos o que George Floyd poderia ter alcançado, nós não sabemos o que Sandra Bland poderia ter alcançado, mas hoje vamos garantir que não será um pensamento estranho para os nossos jovens".

O ator explicou a Radio Times, que não houve nenhum movimento estratégico por trás daquela fala, aquilo era sua verdade naquele momento.

"Era apenas eu naquele momento. Foi apenas a intensidade da época e o que estava borbulhando em nossa comunidade global. Falar não foi um movimento estratégico. Simplesmente aconteceu, realmente", relatou o astro.

(*) com informações do UOL.

Nenhum comentário