Nos Bastidores

Viviane Lima, ex-secretária SEPED, lança sua candidatura e destaca a importância da inclusão


(Reprodução: Leandro Castro)

Marcele Fernandes - Agência GR7

Viviane Lima, ex-secretária SEPED (Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência), lança sua campanha  como candidata a vereadora no PSB (Partido Socialista Brasileiro) e destaca a importância da inclusão.

História 

Aos 19 anos, a mãe de primeira viagem Viviane Lima descobre que Ana Victória (21) tinha microcefalia vera de origem genética.

Dois anos depois, Maria Luiza (18) recebeu o mesmo diagnóstico. Logo após, Júlia Lima (14) nasceu sem a condição.

"Até o sexto mês, tive uma gestação tranquila, mas, ao fazer o ultrassom morfológico do segundo trimestre, foi constatada uma regressão do perímetro cefálico da Ana Victória e um pré-diagnóstico de microcefalia vera, de causa genética”, relata.

Viviane afirma que a 3ª filha foi escolhida para cuidar das irmãs.

“A Júlia é muito madura e nunca teve vergonha da Ana e da Maria. Ela diz que foi escolhida para cuidar das irmãs”, diz.

Em 2015 a microcefalia ganhou destaque após o zika vírus se proliferar. Júlia, a filha mais nova, incentivou Viviane a ajudar outras famílias também.

“Criei um grupo no WhatApp chamado 'Mães de Anjos Unidas'. Contei minha história e fiz um apelo para as mães não abortarem por que microcefalia não era sentença de morte. Começamos com 20 mulheres e hoje já são cerca de 3.000 em 19 grupos, com mães de crianças com qualquer tipo de deficiência”, relembra.

Um ano depois, Ana e Maria foram convidadas a participar de um programa inclusivo em uma agência de modelos. Ana Victoria, que tinha 17 anos na época, se revelou e fez várias poses durante o ensaio.

“Ela amou a experiência e algo despertou nela, ela mudou e cresceu como ser humano. Ao final do projeto, ela desfilou. Poder desfilar e fazer algo que dependesse só dela contribuiu para sua evolução e desenvolvimento”, relembra.

Em 2020, Ana Victória também foi musa de bateria na escola de samba Dragões da Império de Manaus.

“Ana se tornou a primeira modelo com microcefalia no mundo. Meu sonho é ela desfilar no São Paulo Fashion Week”, diz.

A candidata também destaca o orgulho que sente em ser mãe.

“Ter duas filhas com microcefalia me transformou na Viviane que eu sou. Fui de mãe de primeira viagem aos 19 anos a secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Amazonas. Todos os dias luto para termos um mundo melhor”, afirma.

Candidatura

Após anos de luta pela causa, Viviane lançou na última sexta feira, 2, sua candidatura à vereadora e contou com o apoio de Ricardo Nicolau nas eleições de 2020.

(Reprodução: Leandro Castro)

O candidato a prefeito de Manaus, Ricardo Nicolau (PSD), anunciou como um de seus projetos, a criação da Secretaria Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência em sua gestão a partir de 2021.

“Não é um compromisso político, é um compromisso de vida. Teremos uma secretaria municipal para as pessoas com deficiência e será com pessoas que conhecem da área. Ninguém sabe mais do que quem vive”, afirma Ricardo Nicolau.

O candidato estimou, no primeiro ano, R$ 50 milhões para a Secretaria Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

Em pronunciamento, Viviane destaca a importância do projeto.

“Precisa ter alguém com objetivo de indicar e destinar ementas para que obras, praças e todos os projetos feitos pela prefeitura tenham inclusão”, afirma.

A Coligação ‘Pra Voltar a Acreditar’ tem como candidato a vice-prefeito o médico oncologista e professor universitário Dr. George Lins (PP) e reúne cinco partidos (PSD, Progressistas, Solidariedade, PSB e PDT). O grupo possui um total de 226 candidatos ao cargo de vereador de Manaus.

(Reprodução: Leandro Castro)


Nenhum comentário