Nos Bastidores

"São irmãos e são gêmeos", Munik Nunes recebe denúncias por traição de Caio César


A ex-BBB Munik Nunes usou o bom-humor para afastar os boatos de traição em seu namoro. Em relacionamento com Caio César, a campeã do "BBB16" explicou aos fãs a diferença entre o sertanejo e seu irmão, Breno, para rebater acusação de infidelidade.

Os dois estão sendo confundidos pelos internautas e a influenciadora vem recebendo fotos do cunhado com a atual namorada: "Esse aqui é o Breno (da esquerda), esse aqui é o Caio César (da direita). Os dois são irmãos e são gêmeos. O Caio César, de cabelo grande, é meu namorado. O de cabelo curto é meu cunhado. Então parem de mandar fotos do Breno, meu cunhado, com a namorada, dizendo que ele está me traindo", disse.

Munik contou ainda sobre a enxurrada de mensagens denunciando que Caio César estivesse com outra pessoa, mas que no caso era Breno o tempo todo: "É sério isso. Eu recebi vários directs, de fotos, vídeos, prints do Breno com a namorada em um barco e o Caio aqui comigo. Vocês precisam aprender a identificar. Se o cabelo não está rolando, tem que identificar pelas tatuagens, porque Caio tem tatuagens no braço. Vamos lá, pra vocês passarem o fuxico certo pra mim, gente (risos)", continuou, alfinetando o namorado: "Fica bem esperto, Caio, porque elas estão em cima! Se liga!", concluiu ela.






Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por mu ☆╮ (@muniknunes) em


A influencer estava há um tempo separada de Anderson Felício ao conhecer Caio César. Os dois assumiram compromisso durante a pandemia, em maio deste ele, quando ela revelou em seu Instagram que tinha sido pedida em namoro: "Nos conhecemos pela internet. Já conheço a família dele e ele conhece a minha mãe. Estamos felizes e nos gostamos muito. Íamos esperar um pouco mais para confirmar, porém, não temos nada a esconder", contou.

Segundo Munik, o casamento com Anderson Felício acabou por falta de maturidade de ambas as partes: "Quando a gente separou, todo mundo pensou que fosse traição, mas não foi traição. Eu não tenho nada para reclamar do Anderson em relação a isso. Nunca fiquei com pulga atrás da orelha. Acho [que a separação aconteceu] por falta de maturidade. Muito da minha parte também. Tinha muita falta de diálogo com ele. Quando a gente já estava no fim, eu tentei conversar com ele, e não dava certo. A gente conversava e acabava que ele não sabia me ouvir e começava a me atacar e eu começava a atacar ele. De repente a gente já tava brigando feio e não tinha diálogo e assim não dava para resolver o que tinha que resolver".

Nenhum comentário