Nos Bastidores

"Foi um tormento na minha vida", Anitta conta sobre sofrimento por críticas após plásticas


A cantora Anitta nunca escondeu que sempre teve vontade de ser mãe. Segundo a cantora, ela teria engravidado se soubesse da quarentena, medida essencial para conter a disseminação do coronavírus no Brasil.

"Se eu soubesse que teríamos uma quarentena em 2020, teria engravidado. Seria o período ideal. Carina Liberato, meu braço direito, teve filho recentemente. Agora está cuidando da criança, da qual sou madrinha. Teria que ter feito umas contas, mas não sei fazer (risos). Sou boa em muitas coisas, mas em matemática eu sou uó", disse ao "Globo".

Autêntica, Anitta não tem medo de assumir suas plásticas: "Não ligo para as críticas, não! Já me julgaram pra caramba, mesmo o Brasil sendo o segundo país no mundo que mais faz plástica no mundo, julgaram. Quando fiz, amor, quase entrei em depressão de tanto que falaram mal de mim. O mesmo aconteceu com o preenchimento labial. Foi um tormento na minha vida, senhor. Hoje em dia, as pessoas fazem até compartilham nas redes sociais as agulhadas na boca", comentou.

Anitta contou também que passou por um momento delicado de depressão, mas superou a doença: "Tive depressão, mas graças a Deus, com tratamento certo e minha família junto, consegui sair dessa. Faz um tempinho, mas estou sempre de olho. Por isso, parei de ler coisas que publicam sobre mim na imprensa e na internet. Meu terapeuta também me aconselhou a assumir os créditos pelas coisas que faço, não ficar negando minha contribuição para o funk, por exemplo. Consegui sair desse buraco", afirmou.


Nenhum comentário