Nos Bastidores

"Todos os personagens de um negro é um negro, não de um ser humano", o ator Nando Cunha diz o papel de negros na TV são sempre superiores


O ator Nando Cunha, que recentemente viveu Mestre Soares em "Bom Sucesso", afirmou que atores negros são chamados somente para fazer papéis estereotipados ou menores na televisão.

"Todos os personagens que se põem na TV de um negro é um negro, não de um ser humano, de uma pessoa", disse Nando, em uma live com o jornalista Wellington Andrade.

Ele diz que a televisão teve um papel importante na formação do imaginário sobre o negro no papel de subalterno, malandro e hipersexualizado, e pediu mais representatividade.

"Não é só estar lá. Às vezes, você tem um personagem negro médico ou engenheiro que não tem importância alguma na trama", disse, defendendo a presença de mais negros não só em papéis, mas também na posição de autores e diretores.

Frente às manifestações antirracistas recentes, provocadas pela morte de George Floyd, nos EUA, ele espera mudanças na televisão. "O cenário não tem mudado muito. A expectativa vai ser o pós-pandemia. Se debateu tanto sobre o assunto que a gente precisa ver o que vai acontecer com tudo o que a gente debateu".


Nenhum comentário