Nos Bastidores

Sem finalizar CPI da Saúde, Assembleia Legislativa do AM pretende investigar Secretaria de Educação


Carolina Givoni – Da Revista Cenarium
Mesmo antes da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE/AM) concluir a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, que investiga contratos da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), o presidente da Casa, Josué Neto (PRTB) anunciou nesta quarta-feira, 8, a abertura de mais uma CPI, para apurar possíveis irregularidades da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc).
Com a Comissão que avaliará o impeachment do governador Wilson Lima (PSC), os parlamentares estaduais acumulam no total três procedimentos investigativos para deliberar até o fim do expediente legislativo, previsto para dezembro.
Sobre a abertura da CPI da Educação, que analisará supostos contratos emergenciais orçados em R$ 130 milhões com dispensa de contrato, Josué afirmou que o andamento está condicionado a orientação jurídica da casa, já que os parlamentares ainda precisam atuar nas Comissões de Saúde e Impeachment.
"A CPI está aberta e está suspensa ao mesmo tempo. Assim que nós tivermos condições administrativas de tocar a CPI da Educação, assim faremos", disse Josué Neto.
Seduc
Em nota, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) informou que "preza pela legalidade e transparência dos seus atos e irá responder a todos os questionamentos da ALE/AM tão logo seja solicitada"
A nota ainda afirma que "nesse momento, todos os esforços da Seduc estão voltados para o planejamento do retorno às atividades presenciais com o envolvimento e formação das equipes técnicas, de gestores e coordenadores que irão atuar nas escolas"

Nenhum comentário