Nos Bastidores

"No 14º dia eu pedi para morrer, arranquei tudo que estava comigo e disse: 'Não quero mais viver'", contou Sikêra Jr, após ter contraído o coronavírus


O apresentador do programa "Alerta Nacional", da RedeTV!, Sikêra Júnior, disse que, ao contrair o novo coronavírus em abril, assou por grandes dificuldades para respirar e pediu até para morrer.

"Estava andando com um cilindro de oxigênio. No 14º dia eu pedi para morrer, arranquei tudo que estava comigo e disse: 'Não quero mais viver'", contou o apresentador.

A declaração foi dada durante a gravação do programa Mega Senha, apresentado por Marcelo de Carvalho. O game show vai ao ar amanhã, às 23h.

Sikêra também pediu para as pessoas tomarem medidas de prevenção ao novo coronavírus.

"Tome banho, viu. Só álcool em gel não resolve, não. Use sabonetizinho, depila direitinho, só o álcool não é limpeza", alertou em tom humorado.

Sikêra contraiu a covid-19 no fim de abril e ficou afastado do "Alerta Nacional", se recuperando em casa. Na época, o apresentador disse ter subestimado o poder do vírus. "É mais sério do que eu imaginava", afirmou.

(*) Site da Uol

Nenhum comentário