Nos Bastidores

Mirtes Salles denuncia e vai fazer representação contra Amazonas Energia


Líder de reclamações no Procon Amazonas em 2019, com 2.410 registros  no atendimento geral, o que sinaliza 21,98%, e 1.820 reclamações formalizadas (34,11%), a concessionária Amazonas Energia continua agindo com descaso em relação à população de Manaus.

A empresa é prestadora de serviço essencial e parece desconhecer a determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que prorrogou até 31 de julho a resolução 878.

A medida proíbe o corte do fornecimento de energia elétrica para quem não conseguiu pagar a conta de luz, durante a pandemia do coronavírus.

A vereadora Mirtes Salles ( Republicanos), integrante da Comissão de Defesa do Consumidor na casa legislativa, nesta segunda-feira, 27, fez um alerta contra empresa que continua efetuando cortes no serviço, além de estar protestando em cartório contra clientes com débito.

"Eu vou representar contra essa empresa pela falta de respeito com a população! Além da péssima qualidade no serviço prestado, eles estão de protestar em cartório a conta de luz daqueles clientes que não efetuaram o pagamento, o que é ilegal, devido a pandemia do coronavírus", explicou a parlamentar.

Na ocasião, a vereadora Mirtes Salles também denunciou que a empresa também continua realizando cortes no serviço às vésperas do fim de semana, o que é proibido por Lei. Outros vereadores, também endossaram a colocação da vereadora contra a empresa Amazonas Energia, durante a sessão na Câmara Municipal de Manaus (CMM).



Nenhum comentário