Nos Bastidores

"Oportunista e egocêntrico", diz Luiz Fernando sobre cantor Nego do Borel

Pai da modelo Duda Reis, Luiz Fernando Barreiros, voltou a criticar o namorado da filha, o cantor Nego do Borel, nas redes sociais. Ao responder a mensagem de um seguidor, que defendia Duda e a manutenção de seu namoro, Luiz Fernando soltou o verbo, criticando a "ostentação" do artista, chamando-o de "oportunista e egocêntrico".

"Sempre criamos nossas filhas com muito amor e com os valores e princípios que nos fizeram ser o que somos! Demos o nosso melhor. (...) No entanto, é muito triste ver a escolha de uma filha, cujo final já está escrito! E não será bom", escreveu o pai de Duda, em um texto postado em seu perfil no Instagram.


Ele afirma que se assustou quando Nego do Borel lhe disse que, até os 15 anos, "achava bonito ver um homem bater em mulher". "Ostentação, desrespeito, infantilidade, desprezo ao conceito de família, ausência de valores e de princípios, oportunista, egoísta, egocêntrico, avesso ao conhecimento é o que o define", atacou.


"Faz parte da geração ostentação, em que acham que o dinheiro compra tudo! Não compra! Minha filha nunca precisou do dinheiro dele! O resultado dessa relação: afastamento da família, dos amigos, perda de oportunidades, tristeza! Não é uma pessoa do bem! O histórico fala por si só! Não vamos desistir de mostrar a verdade.".


No último fim de semana, os pais de Duda, que desaprovam o relacionamento da filha, já haviam criticado o genro nas redes sociais.


Simone Reis Barreiros, mãe da modelo, respondeu um comentário de uma pessoa, no Instagram, que dizia que Nego do Borel e Duda formavam "um casal lindo". "Se ele fosse um cara do bem, formaria, sim. Mas como é um mau-caráter, sou obrigada a discordar de você", escreveu.


O pai de Duda também entrou na discussão para afirmar que a filha protege Nego do Borel ao esconder os maus tratos que ela sofre. "Pergunte para nossa filha, se ela tiver coragem de falar a verdade, você ficará bem informada! Infelizmente até agora ela não teve! Mas a verdade sempre vem à tona, cedo ou tarde!".





Nenhum comentário