Nos Bastidores

Mirtes Salles pede para que população ajude a polícia a encontrar agressor de mulher em posto localizado na zona norte da cidade


No pequeno expediente desta quarta-feira, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), a vereadora e presidente da Comissão em Defesa dos Direitos da Mulher na casa, Mirtes Salles (Republicanos),  pediu ajuda para que o agressor de um grupo de mulheres seja preso.

Um vídeo foi amplamente compartilhado em redes sociais e publicado em sites e jornais da cidade e mostram as agressões ocorridas no último domingo, num posto de gasolina localizado na zona norte da cidade.

Nas imagens, o agressor - identificado pela Polícia Civil do Estado do Amazonas como Lucas de Almeida Miranda - está dentro de um carro, com mais alguns amigos, estacionado em um posto de gasolina.

 Perto do carro está um grupo de pessoas com mulheres e travestis. Lucas fala alguma coisa para elas, que parecem não gostar, ele então desce do veículo e começa a agredi-las verbal e fisicamente.As pessoas ao redor assistem as cenas de violência e nada fazem para detê-lo.

Mirtes ressalta que esse tipo de comportamento é inadmissível em nossa sociedade. "Espero, realmente, que este caso não fique impune. Esse homem agrediu com uma garrafa uma mulher apenas pelo fato de ter levado um fora. A vítima levou cinco pontos no rosto. Ele ainda é reincidente no crime de agressão contra mulher. E as pessoas assistiram e ninguém que estava lá fez nada para impedir. Isso não pode acontecer na nossa sociedade!", ressaltou a parlamentar.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia, quem puder denunciar o agressor  terá o sigilo da identidade do informante. Para isso, basta ligar para o 180, o Disque Denúncia.

Dados divulgados pela Polícia Civil apontam que, somente nos três primeiros meses deste ano, os servidores das Delegacias Especializadas em Violência Contra Mulher realizaram mais de 3 mil atendimentos às mulheres vítimas de violência.


Nenhum comentário