Nos Bastidores

Comissão da Mulher da CMM mobiliza homens no combate à violência doméstica

Nesta segunda-feira, 1 de Junho, a Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos da Mulher, da Câmara Municipal de Manaus (CMM) lançou a segunda fase da campanha 

 ‘ Basta de violência contra Mulher! Não deixe que sua máscara esconda a violência nessa pandemia’. A iniciativa tem foco na divulgação dos números de contato da rede de proteção à mulher, por meio de peças publicitárias como vídeo e cards, que estão sendo divulgadas nas mídias sociais e agora conta com a adesão de homens.

“ A violência doméstica precisa ser cobatida por todos. Esta não é só uma luta de mulheres, os homens também precisam abraçar esta causa. Muitas famílias são destruídas por causa desse mal, então precisamos que todos fiquemos alertas nesse combate”, esclareceu a vereadora Mirtes Salles (Republicanos), presidente da comissão.

Dados apontam que o  número de denúncias feitas ao Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher) e ao Disque 100 (Direitos Humanos), segundo o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, aumentou desde o início da quarentena.  Estes dados apontam que do dia 18 de março à 14 de maio, foram contabilizadas 11.295 ligações. Dessas, 11.063 foram relativas à violência física e 3.568 à violência psicológica.

Especialistas afirmam que a convivência intensa, a tensão do momento, a crise econômica e o próprio isolamento social, que as deixa longe de parentes e amigos, contribui para que o número de casos de violência doméstica disparem neste período.

Por isso, o Núcleo de Atendimento à Mulher da CMM está funcionando remotamente, prestando assistência jurídica e psicológica às mulheres por meio de telefones  991745600 e 995216022. Além destes contatos o vídeo divulga outros números da rede de proteção à mulher em Manaus
“Fizemos um vídeo para divulgar os números da rede de apoio às mulheres daqui de Manaus e peço que vocês compartilhem em suas redes sociais instagram, facebook e whatsapp para que possamos alcançar o maior número possível de mulheres que estão em situação de risco”, solicitou a presidente da Comissão da Mulher na CMM.



Ver essa foto no Instagram

No mês de Junho estaremos dando continuidade na Campanha de Combate à Violência Doméstica nesse período de isolamento social. Dessa vez juntamos o maior número de homens possíveis com a nobre atitude de orientar como proceder em determinados casos. A união de homens e mulheres nessa causa é imensamente gratificante, pois fortificamos ainda mais está luta no Combate à Violência contra Mulher vinda de homens na quarentena... Juntos somos mais fortes! 💪🏻 VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA! ❤️ Isolada, mas não sozinha! Nenhuma violência deve ser tolerada!!! ❌ Denuncie. Ligue 180. . . . #campanhadecombateaviolênciacontraasmulheres #feminicidio #lutaafavordamulher #nãovamosnoscalar #violenciadomestica #chegadeviolênciacontraamulher #chegadefeminicidio #juntassomosmaisfortes #agressaoamulher #naosecale #vocenaoestasozinha #mulheresajudammulheres #denuncie #violenciacontramulher #ligue180 #violência #respeito #justiça #abusopsicologico #direitodasmulheres #mexeucomumamexeucomtodas #direitodamulher #sororidade #violenciapsicologica #violenciasexual #comissãodamulher #mirtessalles #vereadora #mulherdecoragem #mulhernapolitica
Uma publicação compartilhada por Mirtes Salles🧿 (@mirtessallesoficial) em

Nenhum comentário