Nos Bastidores

Prefeitura de Pres. Figueiredo mantém gastos acima R$ 300 mil com equipamentos cinematográficos, em meio à pandemia

Em meio a pandemia do novo coronavirus, a prefeitura municipal de Presidente Figueiredo, que já ultrapassa a marca de 280 casos confirmados da covid-19 no município, mantém contratos que custam aos cofres públicos o valor total de R$ 338 mil, referentes à locação e manutenção de equipamentos cinematográficos.

De acordo com os documentos, repassados pelo site 'Figueiredo News', portal local, Os contratos foram realizados através da Secretaria de Cultura e Eventos do município, sob comando de Walter Yallas. As empresas ficariam responsáveis, uma pela locação de equipamentos cinematográficos, a outra ficaria responsável pela manutenção dos equipamentos. 

PILOTO PUBLICIDADE LTDA – ME COM CNPJ DE N° 09.557.626/0001-12 PARA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS FOTO CINEMATOGRÁFICO PARA ATENDER AS NECESSIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA E EVENTOS. NO VALOR DE R$173.989.80 REAIS.

VICTORIA PRODUÇÕES EIRELI – ME. NO CNPJ DE N° 06.144.543/0001-69. NO VALOR DE R$ 164.881.32

O Portal Figueiredo News fez uma série de denúncias contra a gestão de Yallas à frente da pasta de Cultura e Eventos.

Os questionamentos são diversos, e a população precisa saber:
Quais as relevancias desses contratos, em relação ao enfrentamento da propagação do novo coronavírus?
Esse valor não poderia ser remanejado para a pasta da saúde, linha de frente do combate ao avanço da covid-19?

O Portal Nos Bastidores aguarda uma resposta da Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo e do secretário de Cultura e Eventos do município.

DIREITO DE RESPOSTA
Em Resposta a Nota publicada com título “Prefeitura de Pres. Figueiredo mantém gastos acima de R$ 300 mil com equipamentos cinematográficos, em meia à pandemia.”, informamos que os documentos em questão não são legítimos e que Procuradoria Geral do Município, está tomando todas as providências judiciais.

_______

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo
COVID-19

São 23.704 casos confirmados no Amazonas até a última quarta-feira (20/05), 11.643 são de Manaus (49,12%) e 12.061 do interior do estado (50,88%). Além de Manaus, casos confirmados atingem 59 municípios, de acordo com dados da FVS-AM:

 Manacapuru (1.602); Tefé (937); Coari (899); Parintins (750); Tabatinga (564); Santo Antônio do Içá (500); São Gabriel da Cachoeira (455); Itacoatiara (443); Careiro Castanho (418); Rio Preto da Eva (387); Iranduba (379); Maués (345); Autazes (321); São Paulo de Olivença (316); Presidente Figueiredo (283); Boca do Acre (235); Benjamin Constant (232); Tapauá (204); Itapiranga (203); Barcelos (187); Amaturá (180); Anori (176); Carauari (171); Borba (145); Beruri (134); Barreirinha (122); Tonantins (122); Fonte Boa (117); Urucará (111); Novo Aripuanã (97); Silves (87); Manaquiri (82); Anamã (76); Novo Airão (74); Maraã (61); Jutaí (58); Nova Olinda do Norte (57); Boa Vista do Ramos (46); Eirunepé (46); Urucurituba (45); Caapiranga (43); Careiro da Várzea (42); Lábrea (34); Nhamundá (34); Humaitá (33); Manicoré (31); São Sebastião do Uatumã (27); Canutama (25); Alvarães (23); Codajás (23); Apuí (20); Japurá (13); Guajará (12); Uarini (11); Santa Isabel do Rio Negro (7); Juruá (5); Pauini (5); Atalaia do Norte (4); e Itamarati (2).Envira e Ipixuna são os únicos municípios do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19. As duas cidades registraram apenas casos notificados, que são os casos suspeitos para a doença. 

Nenhum comentário